Funcionalidade indisponível

Esta funcionalidade estará disponível brevemente. Obrigado.

Precisa de ajuda?

800 250 650

O que são redes inteligentes?

As redes elétricas inteligentes começam a chegar às nossas casas. Mas, afinal, o que significa estar numa rede elétrica inteligente?

As redes inteligentes são também conhecidas como Smart Grids. E são vários os benefícios de transformar as redes elétricas em redes inteligentes, sendo os terminais mais importantes os contadores de energia inteligentes que a CEVE intitulou “Enerbox”.

Uma das principais características da Enerbox é o seu modo de comunicação, que utiliza a tecnologia PLC Prime (uma tecnologia similar à usada para distribuir internet pelas nossas casas através dos cabos elétricos). Os contadores comunicam tanto entre eles, como diretamente, para um equipamento localizado nos postos de transformação, designado concentrador. O concentrador, por sua vez, interage em rede privada via 4G ou fibra ótica com o data center da CEVE, enviando e recebendo informações em tempo real.

A adoção da Enerbox permitirá à CEVE desempenhar um papel importante ao nível da gestão da rede elétrica, de uma forma dinâmica, identificando o trânsito de energia nos postos de transformação, que servem diretamente os clientes de baixa tensão, e agir junto dos produtores de energia independentes. Estes, a par dos primeiros, constituem o que hoje em dia se designa por Prosumers, ou seja, os novos agentes pró-ativos que podem simultaneamente desempenhar um papel de cliente consumidor e de produtor independente.

Na operação de rede, será possível recolher remotamente dados reais de consumo (quer através de consumos acumulados, quer através do diagrama de cargas), sincronizar automaticamente o relógio dos contadores, detetar fraudes, contabilizar as interrupções de energia, efetuar remotamente cortes e religações da instalação do cliente, atualizar remotamente o tarifário, e disponibilizar uma interface de comunicação HAN com o cliente. Esta última função, permitirá no futuro oferecer aos clientes um outro tipo de serviços e de informação que os torne um agente ativo do sistema, pois pretende-se disponibilizar informação em tempo real proveniente do contador, que poderá interagir com sistemas de domótica ou mesmo com eletrodomésticos que se compatibilizem com a tecnologia adotada.

Os comercializadores de energia poderão fornecer vários serviços para que o cliente possa gerir a sua energia, como, por exemplo, disponibilizar via internet, através de PC, tablet ou smartphone os seguintes serviços:

  •     Visualização de um gráfico de consumo.
  •     Comparação do consumo vs produção.
  •     Análise de adequabilidade do tarifário e potência contratada.
  •     Proteção ao orçamento, através de configuração de um alarme caso o cliente ultrapasse o orçamento previsto para a energia ou o seu comportamento esteja a conduzi-lo a ultrapassar.

 Atualmente, a CEVE está a iniciar o seu projeto piloto de redes inteligentes. Para mais informações sobre este piloto e a sua área de influência, consulte a área de projetos do site ou clique aqui.