Funcionalidade indisponível

Esta funcionalidade estará disponível brevemente. Obrigado.

Precisa de ajuda?

800 250 650

Projetos

CEVE Solidária

A Cooperativa Eléctrica do Vale D’Este (CEVE) tem dedicado parte da sua energia a apoiar o desenvolvimento social, cultural e cívico dos cidadãos, em continuidade com a herança dos seus fundadores, que aquando da fundação tinham como objetivos promover o desenvolvimento, não só na sua área de atuação (fornecimento de energia), mas da atividade complementar que daí advinha.

Tem para isso desenvolvido um projeto integrado de responsabilidade social empresarial, designado por “CEVE Solidária”, com a implementação de medidas em diferentes domínios de intervenção como a ação social, educação e cultura, com o objetivo de reforçar o seu caráter de proximidade junto das populações que serve e consciente do seu papel na promoção do bem-estar de toda a comunidade.

A Política de Responsabilidade Social da CEVE tem tido um percurso evolutivo demarcado por mútuas aprendizagens com os parceiros locais, que num genuíno espírito de parceria desenvolvem um conjunto de intervenções em prol do desenvolvimento social do território onde se inserem.

Cientes do esforço e dedicação de todos aqueles que têm trabalhado em torno deste Projeto e perante a oportunidade criada pelo Município de Vila Nova de Famalicão de reconhecer ações potenciadoras dos valores que marcam a identidade do território para novos patamares de liderança e excelência, a CEVE candidatou o seu projeto à 1ª edição para a atribuição de selos “Famalicão Visão’25”.

Destaque-se que o projeto “CEVE Solidária” foi um dos dois vencedores galardoados com o selo de excelência Famalicão Visão’25, na categoria “Famalicão Comunitário”, reconhecendo o contributo que o projeto dá para a valorização do coletivo e o reforço da cooperação entre diversos atores, contam-se aqui



Dimensão Social


O trajeto social da CEVE nasceu em 2008 com um percurso dedicado e empenhado às causas sociais, enquanto prática de cidadania empresarial e relacionamento próximo e contínuo com a comunidade.

Tem por isso apostado progressivamente na criação de relações e mecanismos de cooperação com as instituições locais para o desenvolvimento de ações que contribuam diretamente para maximizar esforços e recursos, minorar os problemas e necessidades da população da sua área de concessão.

A cooperação e o estabelecimento de protocolos de parceria com agentes e instituições locais (Instituições Particulares de Solidariedade Social, Conferências Vicentinas, entre outros) tem sido uma estratégia de intervenção do Conselho de Administração da CEVE no desenvolvimento de iniciativas que vão ao encontro das reais necessidades da população e na maximização de esforços e recursos disponibilizados para a concretização dos projetos e ações que desenvolve ao nível da responsabilidade social.

É na base da parceria local que a CEVE consegue chegar a estas famílias, através do desenvolvimento de recolhas de vestuário e brinquedos, entrega de cabazes alimentares, da criação de um banco de ajudas técnicas para disponibilização e empréstimo à população, da doação de bens técnicos a situações específicas de carência socioeconómica, de campanhas de sensibilização para a doação de parte do imposto sobre o rendimento a instituições sem fins lucrativos.

A CEVE pretende futuramente continuar a trabalhar numa lógica de proximidade com as instituições parceiras e que a sua Política de Responsabilidade Social contribua cada vez mais para o desenvolvimento sustentável da comunidade da sua área de concessão, através da implementação de ações de valorização da própria marca e de um plano estratégico com objetivos e metas pré-definidos.





Dimensão Cultural e Educativa




A CEVE tem apostado progressivamente no reforço e consolidação interna e externa da sua Política de Responsabilidade Social, alargando-a aos domínios da educação, cultura e empreendedorismo, bem como criando linhas e critérios orientadores para a sua implementação e desenvolvimento.


É neste contexto que a intervenção da CEVE, em prol da promoção do bem-estar e desenvolvimento sustentável das comunidades locais da sua área de concessão, tem assentado em processos de articulação e concertação com os Municípios de Barcelos e Vila Nova de Famalicão e as instituições locais que atuam no domínio educacional e cultural.


A opção da CEVE pela inclusão na sua Política de Responsabilidade Social, de mecanismos de apoio à aprendizagem e exercício de práticas culturais e artísticas alicerçadas ao contexto educativo das crianças e jovens, acontece pelo reconhecimento da mais-valia que a educação pela arte e cultura aporta ao desenvolvimento cognitivo e cultural deste público-alvo, constituindo-se ainda como um fator diferenciador no processo de formação e aquisição de competências em diversos domínios.


Ao longo de 2015, a CEVE tem desenvolvido um percurso enquanto mecenas e parceiro das associações culturais sediadas no território de concessão, designadamente a Artesmusivi – Associação de Artes de Viatodos (Academia de Música) e Associação Cultural Monte de Fralães, onde proporciona às crianças e jovens a oportunidade de frequentarem cursos de música, aprendizagem de um instrumento musical e dinamização de espetáculos ao vivo à comunidade em geral.


Para além disso, a CEVE mantém contacto com as tradições e cultura das suas freguesias, detentoras do património imaterial e cultural, intervindo com o apoio necessário para a concretização das suas atividades. Neste âmbito, a CEVE contempla todo o apoio logístico necessário dentro do seu setor de intervenção para a realização das festas populares nas respetivas freguesias, entre outros eventos musicais, culturais ou desportivos.


Ciente de que a formação e ensino da sua população promovem um maior desenvolvimento da região, a CEVE tem investido na doação de equipamento informático e de material didático às escolas do seu território, capaz de contribuir para o reforço do sucesso escolar dos alunos.


No domínio educativo, evidencia-se igualmente a implementação de ações de sensibilização para o problema do daltonismo, permitindo realizar um rastreio visual aos alunos, de forma a detetar possíveis situações de daltonismo que impeçam o sucesso escolar dos alunos. A iniciativa é de autoria da Coloradd Social, à qual a CEVE se associa, e pretende implementar um sistema de identificação de cores que facilite a integração social e independência dos daltónicos nas situações em que a opção e escolha da cor é relevante, bem como na minimização do sentimento de perda gerada pela deficiência, com consequente aumento de bem-estar e autoconfiança.


A CEVE implementou em 2015/2016 um projeto conjunto com o Agrupamento de Escolas de Gondifelos denominado “Poupa Energia Ganha o teu Futuro”. Esta iniciativa assume a forma de criação de um livro, pelos alunos do 1.º e 2.º ciclo, sobre as principais diretrizes, normas e regras para a eficiente utilização energética, permitindo estimular a aprendizagem sobre a poupança do consumo energético e, de igual forma, dar contributos para a sustentabilidade ambiental.


No domínio da educação e empreendedorismo, a participação da CEVE através do apadrinhamento de um Agrupamento de Escolas, no âmbito do Projeto “Empresa na Escola”, em que proporciona a visita dos alunos ao contexto empresarial, participa na dinamização de palestras nas escolas e transmite práticas e conhecimentos do mundo empresarial, como meio de aproximação do contexto educativo ao empresarial e vice-versa.


Assume-se ainda, como parceiro e patrocinador do concurso dinamizado pelo Famalicão Made In, no âmbito do Projeto “O meu projeto é empreendedor”, tendo para isso celebrado um protocolo de cooperação com o Município de Vila Nova de Famalicão integrando o júri de avaliação dos projetos empreendedores desenvolvidos nas Provas de Aptidão Profissional (PAP) do Ensino Profissional.


A Política de Responsabilidade Social da CEVE não pretende parar e encontra-se atualmente a preparar em sede de parceria local, com os respetivos Municípios e Agrupamentos de Escolas de Viatodos e Gondifelos, uma estratégia de desenvolvimento de projetos de âmbito cultural e educacional com o objetivo de iluminar e manter a história desta região.