Funcionalidade indisponível

Esta funcionalidade estará disponível brevemente. Obrigado.

Precisa de ajuda?

800 250 650

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre o uso de cookies

Aceitar

Notícias

Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza

16 de Outubro de 2020


A pobreza energética é uma forma distinta de pobreza, associada a uma série de consequências adversas para a saúde e o bem-estar das pessoas.

O conceito de pobreza energética define a incapacidade de acesso a uma diversidade de serviços energéticos – com particular destaque para o aquecimento – a um custo acessível, tendo em consideração a totalidade do rendimento disponível de um indivíduo ou agregado familiar.

A pobreza energética doméstica refere-se a uma situação em que um agregado familiar não tem acesso ou não pode dispor dos serviços básicos de energia para cumprir os requisitos do dia-a-dia.
As necessidades mais comuns são iluminação, refrigeração, confeção de alimentos e climatização.

Segundo a iniciativa Energy Poverty Action do Fórum Económico Mundial, “o acesso à energia é fundamental para melhorar a qualidade de vida e é um imperativo fundamental para o desenvolvimento económico". 

Como em Portugal, o número de pessoas em situação de pobreza energética é desconhecido, deixamos neste documento algumas dicas para mitigar a sua fatura energética.

O Governo em setembro apresentou o Programa de Apoio a Edifícios Mais Sustentáveis, com um conjunto de incentivos, com taxas de comparticipação de 70%, para a promoção da eficiência energética dos edifícios, que pode consultar aqui.
 
  undefined